Agentes Comunitários de Saúde em reunião com a Equipe de Engajamento Comunitário.

Onde estamos

O Eliminar a Dengue: Desafio Brasil desenvolve atividades desde 2012. Entre agosto de 2015 e janeiro de 2016, o projeto realizou liberações de Aedes aegypti com a bactéria Wolbachia em duas áreas: Tubiacanga, na Ilha do Governador, na cidade do Rio de Janeiro, e Jurujuba, em Niterói. O monitoramento dos projetos-piloto é feito desde o início de 2016, e evidencia o sucesso no estabelecimento da população de mosquitos com Wolbachia.

Até o final do primeiro semestre de 2018, os seguintes são os seguintes bairros estarão cobertos por Aedes aegypti com Wolbachia:

Niterói:

Charitas, Preventório, São Francisco, Grota, Cafubá, Camboinhas, Itacoatiara, Jacaré, Jardim Imbuí, Piratininga, Santo Antônio, Engenho do Mato, Itaipu, Maravista, Serra Grande, Ingá, Icaraí, Centro, Gragoatá, Boa Viagem, Fátima, Morro de Estado, Pé Pequeno, Ponta D ' Areia, Santa Rosa, São Domingos, Viradouro, Vital Brasil

Rio de Janeiro:

Bancários, Cacuia, Cocotá, Freguesia (Ilha), Moneró, Pitangueiras, Praia da Bandeira, Ribeira, Tauá, Zumbi, Cidade Universitária, Cordovil, Galeão, Jardim Carioca, Jardim Guanabara, Portuguesa, Bonsucesso, Brás de Pina, Complexo do Alemão, Manguinhos, Olaria, Penha, Penha Circular, Ramo, Colégio, Irajá, Vicente de Carvalho, Vila da Penha, Vila Kosmos, Vista Alegre, Campinho, Cascadura, Cavalcanti, Engenheiro Leal, Madureira, Oswaldo Cruz, Rocha Miranda, Turiaçu, Vaz Lobo Abolição, Cachambi, Del Castilho, Encantado, Engenho da Rainha, Engenho de Dentro, Engenho Novo, Higienópolis, Inhaúma, Jacaré, Jacarezinho, Maria da Graça, Méier, Piedade, Pilares, Riachuelo, Rocha, Sampaio, São Francisco Xavier, Todos Os Santos, Tomás Coelho, Benfica, Botafogo, Caju, Catete, Catumbi, Centro, Cidade Nova, Copacabana, Estácio, Flamengo, Gamboa, Gávea, Glória,Humaitá, Ipanema, Lagoa, Laranjeiras, Leblon, Leme, Mangueira, Rio Comprido, Rocinha, Santa Teresa, Santo Cristo, São Cristóvão, Saúde, Urca, Vasco da Gama, Vidigal.